Enfrentar o medo.

O tema “medo” continua a fazer parte dos meus programas de Coaching. De facto as minhas Clientes muitas vezes sentem-se limitadas nas suas vidas porque o medo ganha dimensão, peso, cor e até voz.

O medo ganha forma e presença demasiado importante nas suas vidas, o que limita a coragem, a vontade de fazer acontecer os sonhos e objectivos,

Há uns dias estive na WOW Conference (Women of Wisdom), e este tema voltou a estar em cima da mesa. No meio de tantas Mulheres inspiradoras surge a seguinte frase: “todos os dias devemos fazer algo de que tenhamos medo” (Linda Pereira). Sim! Estou totalmente de acordo.

A evolução, o progresso, o sucesso, surgem quando de facto saímos da tão temida zona de conforto, e decidimo finalmente enfrentar os nossos medos olhos nos olhos.

Nessa fase, acabamos por descobrir que o medo enorme afinal não era assim tão grande, que o medo estridente afinal até fala baixinho (ou até nem tem voz, é afónico!), e descobrimos também que o medo não é gordo nem gigante, e é sim do tamanho de uma formiga.

Resumindo: A realidade é ressignificada quando enfrentamos os medos. Faz sentido para si?

O que vai fazer já hoje para enfrentar os seus medos? Pode ser só um medo de cada vez, mas faça alguma coisa.

Leave a comment

Abrir o chat
Como posso ajudar?
Olá! Como posso ajudar?