Pensamentos e realidade.

Os nossos pensamentos controlam e definem a nossa realidade. Já ouviu esta frase? Muito provavelmente sim.

Se somos boas alunas, é porque é dessa forma que nos vemos, definimos a nossa fasquia nesse sentido. Se temos peso a mais, é porque os nossos pensamentos não são pensamentos de pessoa magra.

Se nunca conseguimos arranjar um namorado que corresponda ao que queremos, é porque achamos possivelmente que os homens “bons” já estão acompanhados (ocupados, vá lá!).

Se não conseguimos o nosso emprego ou cargo ideal, é porque no mais profundo de nós, achamos que não merecemos ou que não seremos capazes.

E por aí em diante.

O Universo dá-nos aquilo em que nos focamos, e recebemos o que pedimos. Depois não diga que não avisei.

Por exemplo, se você passa uma tarde inteira aflita a pensar para si mesma (ou a dizer às pessoas que a rodeiam): “Hoje tenho um compromisso às 19h00 e não me posso atrasar!”. Repete isto tantas vezes que as pessoas já nem a podem ouvir… A mente do ser humano não filtra a palavra “não”.

Pois, temos uma má notícia para si: a probabilidade de se atrasar é altíssima. O seu cérebro não está a filtrar o “não” e é bem possível que chegue atrasada a esse compromisso tão importante. E o mesmo se passa com outros momentos.

Outro exemplo: repete muitas vezes a frase “Eu não vou conseguir”, em várias situações da sua vida? O que está a esperar da realidade que vai criar? Se diz que não consegue, então acredite que muito provavelmente não vai conseguir. É a simplicidade do Universo e da energia que nos rodeia. What you see (think) is what you get!

O que ganha em continuar a alimentar este tipo de pensamentos?

Leave a comment