Empreender e inovar: o desafio de arriscar.


Tantas Mulheres desejam ter negócio próprio, tantas têm sonhos por concretizar.

E tantas optam por sacrificar esses sonhos em nome… do quê? Do medo? Da incerteza? Da família? Do emprego e do vencimento certo? Do medo outra vez?

Tenho uma boa notícia para si: o mercado está a evoluir de uma forma em que a tendência são as pessoas e não tanto as empresas. Cada vez mais as pessoas querem trabalhar com pessoas, independentemente da empresa onde essas pessoas trabalham.

A marca como a conhecemos deixa de ter tanto valor, e terá de ser reinventada porque o tempo hoje é das pessoas, e para as pessoas.

Todas teremos de investir em nós, no nosso desenvolvimento como pessoas e como profissionais, em nome de uma evolução individual e não tanto empresarial. Faz sentido para si?

Por isso pergunto: vai continuar a colocar de parte o seu desejo de ter negócio próprio, de trabalhar para si, de gerir todo um negócio com imenso potencial que se encontra hoje na gaveta?

Ou então: vai deixar de lado a sua enorme vontade de ocupar um cargo maior, de construir e liderar a sua equipa? SUA e não da empresa, se é que me faço entender… Vai continuar a deixar que as suas potencialidade sejam apagadas em nome de uma marca? Vai continuar a ser mais um número? A opção é sua. Faça a diferença, crie um contexto que a valorize mais.

Mesmo que deseje trabalhar em empresas, crie a SUA marca dentro da empresa. Arrisque! A evolução e o progresso acontecem quando enfrentamos os nosso medos olhos nos olhos. Empreenda, inove. Pense em si!

Leave a comment

Abrir o chat
Como posso ajudar?
Olá! Como posso ajudar?